10900250_10152741510438472_5248323493751587975_o
‘Uma Luz Cor de Luar’ estreia segunda temporada
15 de dezembro de 2014
Foto: Leo Aversa
Obra de Ruy Castro vira musical no Rio de Janeiro
23 de dezembro de 2014

Bastidores de ‘Elis, A Musical’ no Rio de Janeiro

p1_5208-pia

“Elis, A musical” surgiu de um texto escrito por Nelson Motta e Patricia Andrade, que ao serem convidados pelos produtores do espetáculo, já escreviam um roteiro sobre a vida da cantora para o cinema. Nelson acompanhou de perto a vida e carreira de Elis, tendo sido seu amigo e produtor. “Trinta anos depois de sua morte, ela continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. O convite para escrever o musical me deixou imensamente feliz”, atesta ele. Na direção do musical, outro amigo de longa data da cantora, Dennis Carvalho, que pela primeira vez dirige um espetáculo teatral. “Eu a conheci através de Milton Nascimento e logo me tornei seu fã. Ela foi simplesmente a melhor cantora do Brasil”, afirma Dennis.

As atrizes Laila Garin e Lílian Menezes se alternam na interpretação da cantora gaúcha; os papéis de Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, os dois maridos de Elis, são interpretados por Tuca Andrada e Claudio Lins, respectivamente. Outros 16 atores se revezam em vários papéis, em uma história que leva para o palco diversas figuras importantes da cultura nacional como Miéle, Jair Rodrigues, Vinícius de Moraes, Tom Jobim e Lennie Dale, entre muitos outros.

O musical emociona ao apresentar as canções que se tornaram grandes sucessos na voz de Elis Regina, como “Arrastão”, “Casa no campo”, “Águas de março”, “Dois pra lá, dois pra cá”, “Como Nossos Pais”, “Aos Nossos Filhos”, “Fascinação”, “O Bêbado e o Equilibrista”, “Madalena”, “O Trem Azul” e “Redescobrir”. São ao todo 51 obras que integram o repertório do espetáculo, entre músicas, medleys e vinhetas.