img_6272
Coletiva de ‘Vamp, O Musical’
12 de setembro de 2017
bossa-capa
Coletiva de ‘Garota de Ipanema, o Musical da Bossa Nova’
20 de setembro de 2017

Hebe Camargo é homenageada em musical, 5 anos após sua morte

hebe-camargo-apresentando-o-programa-hebe-na-rede-tv-23412-1347632500960_1920x1153

Baseado na biografa escrita por Arthur Xexéo e com direção de Miguel Falabella, ‘Hebe, O Musical’ conta a trajetória de Hebe Camargo, desde a infância humilde em Taubaté, no interior de São Paulo, ao posto de rainha da televisão brasileira. Embalado pelas canções que marcaram sua carreira de cantora, o espetáculo atravessa oito décadas nas quais, muitas vezes, os caminhos de Hebe e da TV no Brasil se confundem.

A proposta é que o público acompanhe uma programação de TV típica dos anos 60. Nela, a garota-propaganda se atrapalha com os comerciais ao vivo enquanto Leonor, uma fã de Hebe Camargo, responde sobre a vida de seu ídolo ao peculiar apresentador de um programa de perguntas e respostas, Belo Garrido. É através do conhecimento desta fã que a plateia acompanha o caminho da artista, que será interpretada por Carol Costa, na juventude, e Débora Reis, na vida adulta.

O enredo mostra a relação de Hebe com os pais, sua participação em programas de calouros, a experiência de cantar no rádio, a amizade com Lolita Rodrigues e Nair Bello, sua participação na inauguração da primeira estação brasileira de TV, além de seus romances, seu casamento com o comerciante Décio Capuano, o nascimento de seu único filho, Marcello, e sua contratação pela TV Record, onde apresenta por oito anos o mais popular programa de entrevistas dos anos 60: uma atração que leva seu nome e que, por um bom tempo, foi campeã de audiência nas noites de domingo.

O musical registra também a separação de Décio, a rápida passagem pela TV Tupi, o trauma que a fez parar de cantar, os encontros hilários com Amâncio Mazzaroppi e Ronald Golias, a carinhosa amizade com o cantor Agnaldo Rayol e a união com o importador Lélio Ravagnani, com quem viveu por 27 anos. Vemos Hebe tornar-se porta-voz da luta contra a corrupção em Brasília no programa que apresentou no SBT durante 24 anos e onde transformou em tradição o “selinho” que dava em seus convidados preferidos.

Além de Carol Costa e Débora Reis, o elenco conta com Renata Ricci (Lolita Rodrigues), Frederico Reuter (Luís Ramos/Agnaldo Rayol), Guilherme Magon (Décio Capuano), Dino Fernandes (Lélio Ravagnani), Carlos Leça (Fêgo Camargo), Clarty Galvão (Esther Camargo), Adriano Tunes (Mazzaropi/Marcello Camargo), Brenda Nadler (Leonor), Daniel Caldini (Belo Garrido), Giovana Zotti (Garota-Propaganda), Renato Caetano (Joe Louis), Renata Brás (Nair Bello), Fernando Marianno (Golias), Rodrigo Filgueiras Garcia (Agnaldo Rayol Jovem), Fefa Moreira (Stella Camargo), Raquel Quarterone, Mari Saraiva, Maysa Mundim e Renato Bellini.

Com coreografias de Fernanda Chamma, direção musical de Daniel Rocha e preparação vocal Guilherme Terra, ‘Hebe, O Musical’ estreia dia 12 de Outubro em São Paulo, no Teatro Procópio Ferreira. Os ingressos já estão à venda através do site ingressorapido.com.br e diretamente na bilheteria do teatro.