MEU AMIGO, CHARLIE BROWN


Meu amigo, Charlie Brown

Um exemplo pra gente seguir

Tem humildade, lealdade e uma honestidade

Que é difícil conseguir

Meu amigo, Charlie Brown

Será tudo o que quiser ser

É difícil entender

Mas é fácil perceber

O amigo em você

Cuida bem!

Cuida bem dos animais

E cada planta no jardim

O seu coração é maior que a razão

Falta só um pouco de noção

É sempre corajoso

E tem muito bom humor

Sensato, justo e tão gentil

E também tem uns defeitos

Mas o jeito é cantar...

Ao meu amigo, Charlie Brown

Já é príncipe e vai ser rei

Nunca tente mudar

Pois o mundo vai notar

A beleza que existe em você

Vai ser um rei, Charlie Brown

Vai ser um rei

Todo mundo diz pra mim

Meu amigo, Charlie Brown

Vão cantando sempre assim

Meu amigo, Charlie Brown

Não desisto de tentar

Quero conseguir voar

Ninguém vai poder falar

Que eu não tento

Já pararam de cantar?

Meu amigo, Charlie Brown

Quero muito acreditar

Meu amigo, Charlie Brown

Faço tudo pra agradar

Quero ser legal

Sou bom amigo, mas não consigo

Saber se sou normal

Eu quero ir longe na vida

E ser muito feliz

Mas à noite eu vou deitar

Sem dormir

A cabeça a martelar

Explodir

Eu quero chegar lá

E sorrir

Mas nem sempre é fácil assim

Não pra mim

Charlie Brown, Charlie Brown

Meu amigo, Charlie Brown

Meu amigo, Charlie b=Brown

Suba no ônibus

Suba no ônibus

Vamos, suba no ônibus, Charlie Brown

Não vai querer se atrasar

Não vai!

Não quero atrasar

Não vai querer se atrasar!

Meu amigo, Charlie Brown

(Lá vão eles)

Um exemplo pra gente seguir

(Tento acreditar)

Tem humildade, lealdade

(Não sou bom)

E uma honestidade

(Não sou mal)

Que é difícil conseguir

(Sou só um ser normal)

Meu amigo, Charlie Brown

(Eu não entendi)

Já é príncipe e vai ser rei

Continue assim

E o mundo vai ver sim

A beleza que existe em você

Vai ser um rei, Charlie Brown

Vai ser um rei

Nada é para sempre

(Vai ser um rei)

Vai sempre acabar

(Vai ser rei)

Todos dizem já decorei

Então vejamos, meu rei

Me digam

Meu amigo

Se falta muito

Meu amigo, Charlie Brown

Quando eu vou ser feliz?

Meu amigo, Charlie Brown

Meu amigo, Charlie Brown

Meu amigo, Charlie Brown

SCHROEDER

Cê quer saber, Schroeder?

Olho você tocando piano

E é bom

Cê quer saber mais?

Meu sonho sempre foi

Estar casada com alguém que toque piano

Em festas tocasse a ciranda cirandinha

Será que podia tocar a cirandinha?

Ou mesmo Frere Jacques

Beethoven também

Imagine

Você de terno e gravata casando comigo

Você teria a sorte de ser meu marido

SNOOPY


Me amam

E eu gosto assim

Que sorte eu tenho

O amor sorriu pra mim

Lindo sol a brilhar

Céu azul, pra relaxar

Legal e nada mal

Um lugar pra viver

Descansar e comer

Legal e nada mal

Pessoal sempre perto

Com carinho pra dar

E então passarinhos

Lá do céu

Vêm pousar

Na barriga

As patinhas em mim

Cutucando sem fim

Muitas vezes afiadas

E às vezes elas são tantas

Que eu quase não agüento

Ratos!

Eu sinto que alguma hora eu vou morder alguém

Não sei nem de onde vem mas eu quero ser

Uma fera maluca, faminta que só quer morder

La la la la la la la la

La la la la la la la la

Eu traço uma estratégia esperando a hora H

Eu sei que só devo agir no minuto exato

E como a fera terrível que sou, eu ataco

Eu ataco

Eu ataco

Eu ataco

Eu...

Nossa, eu nunca tinha reparado como essa casa fica longe do chão

Pera aí, vou voltar

Céu azul pra relaxar

Legal e nada mal

Um lugar pra viver

Descansar e comer

Legal e nada mal

Legal e nada mal

MEU PANO E EU

Pode ser meu santuário

Mas é mais que necessário

Pois me traz mais altivez em progressão

Com critério e sem medo

Vou provar meu desapego

Vou sair e vou deixá-lo aqui no chão

Caso alguém não acredite

Vou testar o meu limite

Vou sair e vou deixá-lo ali no chão

La la la la la la la la

La la la la la la la la

Sim, eu vou-lar-gar-o-meu-pa-ni-nho

(...)

Quem sabe eu encare

E um dia eu pare

Por ora

Meu paninho

E eu

E eu

E eu

E eu

E eu

A PIPA


Devo correr, tem que empinar

Puxo daqui, acho que dá

Hoje essa pipa vai voar

Presto atenção pra não rasgar

Não perder, amassar

Presto atenção em cada coisa e... Whoops!

Mais devagar, com atenção

Sem desviar, sem aflição

Tudo é uma questão de acreditar

Devo poupar o máximo de mim até

Ver a minha pipa decolar

É tão mais fácil assistir do que fazer

Constroem a pipa e poof, está no ar

Mas essa pipa quer me ver sofrer

No fundo eu só quero chorar

Não vou falar, vou trabalhar

Não é um dom, nem é azar

Eu vou encarar essa missão

Já me fez tantas, já não sei

Enganchou e eu cansei

E você não se cansa de me humilhar

Sem voar?

O que é isso?

A pipa não caiu

A pipa não partiu

Está no ar!

Olhe lá!

Ganhou altura

Tão linda e pura

Pintando o céu

Oh, é tão lindo de ver

Já não sou mais tão tosco assim

E se estou a fim

Sei que posso até voar!

DOUTORA LUCY

Não sou muito lindo, esperto, sensato

Não vou muito bem nos ditados ou contas

Não dou muito certo no beisebol, queimada

Xadrez, ping pong, bilhar, futebol

Eu sou um desastre em festas, bailinhos

Eu viro uma estátua, vomito no bolo

Ou esqueço o presente e começo a sofrer

Ou então me deprimo tentando entender

Meu Deus, por que a vida é assim?

Ser um jovem tão tímido, pálido, óbvio, blah... assim.

(...)

Cê é tonto, egoísta, difícil

Difícil

Terrível de se conviver

É, eu sou

De mim ninguém gosta

Nem Frida, nem Shermy, nem Lino, nem Schroeder

Nem Lucy

Nem Lucy

Nem Snoopy

Nem Snoop...

Espera aí, o Snoopy me ama!

Ele finge gostar de você porque você dá comida pra ele

Isso não conta!

Nem Snoopy

Meu Deus, por que a vida é assim?

Ser um jovem tão tímido, pálido, óbvio...

Péra!

Você não é muito normal

Eu sei

Mas não é tão sério assim

Não é não?

E mesmo que não seja bom como Schroeder,

Feliz como o Snoopy, legal como eu!

Cê é, e pra sempre será

Nada mais que incrível, excêntrico e único: Charlie Brown!

Sou eu

É, o importante é saber

Que em qualquer situação, Charlie Brown

Você é você

BEETHOVEN REI


Chamem todos, vamos comemorar

Mais uma data para o mundo lembrar

O pai música, ele é um gênio

Beethoven é rei

Ele é um rei?

Eu cumpro a promessa

Schroeder eu sei

Seu dia vai ser festa

O mundo agora vai saber

Porque eu espalhei

Beethoven é nosso rei

(...)

Ele é um rei

Se não sabe como vai começar

É só cantar até você decorar

Comece a celebrar, pois já virou lei

Beethoven é rei

Isso eu já sei

Nem pense em duvidar

Ele é um rei

Pois só de ouvir tocar

A música do gênio, o talento maior

O mundo sabe de cór

Beethoven amém

Beethoven vem

Beethoven nem

Beethoven quem?

Beethoven amém

Beethoven vem

Beethoven nem

Beethoven quem?

Decreto lei

Beethoven rei

Decreto lei

Beethoven rei

Beethoven é rei

Beethoven é rei

Mesmo ao tocar um gongo

Pára! Eu choquei!

Um polifônico estrondo

Se faz a homenagem a Beethoven, um rei

Um grande mestre, eu sei!

(...)

Imaginem qual seria a emoção

Se todo mundo, de cada nação

Tirasse o dia pra só refletir

Sobre o que ele foi, o que ele é

E aplaudir

Aplaudir

Beethoven rei

E agora tem seu dia

Dia do rei

Um viva à harmonia

Então começa hoje

E pra sempre será

(Pra sempre será)

Lembrar as sinfonias

Que podemos tocar

(Podemos tocar)

A música do gênio

O talento maior

Um rei

(Nós já sabemos de cór)

Beethoven

(Decreto lei)

Um rei!

Um rei!

AGORA EU PENSO ASSIM

“Ah é? Tô nem aí!”

Agora eu penso assim

A professora me deu nota baixa

E disse, “Sally Brown

Você está indo mal”

Responderia

Que não tá nem aí!

Eu não tô nem aí

(...)

Porque agora eu penso assim!

Tudo então vai ser assim?

“Ah é? Tô nem aí!”

Agora eu penso assim

(...)

Na falta de opção

Buscando solução

Essas respostas são a descoberta

Se a situação mudar

E alguém me provocar

Meu lema eu vou usar

Agora vai ser assim?

Agora eu penso assim!

Sally, lemas podem ser bem simples

Em casa de ferreiro, o espeto é de pau

Um lema pode ser banal

Deixe o seu recado após o sinal...?

Muitos lemas são bem legais

Normais ou muito estranhos

Uns milenares

Uns instantâneos

(...)

Não vou mais adiar

Meu lema eu vou usar

E as respostas serão bem mais fáceis

“Isso é o que você pensa!”

“Ah é? to nem aí!”

“Não!”

”Eu não agüento!”

Cansei de ter problema

Esse é meu novo lema

Vou ser sempre...

(...)

Porque agora eu penso assim!

TIME


Não há time como o nosso

Em coragem e ação

Mostraremos que unidos

Nosso time vai ser campeão

Em um tempo imbatível

Levaremos o troféu

Só temos que vencer mais esse jogo aqui

E ao pódio subir enfim

Querido amigo por correspondência,

Vou te contar o que se passou lá no beisebol

Difícil engolir o que aconteceu lá no beisebol

Eu fui o técnico, Schroeder corria

E o resto do time você conhece

Então de repente o caos se fez

Lá no beisebol

(...)

Três bolas, dois strikes

As bases já cheias, só restam dois

Arremessei, mas ele acertou sem pestanejar

“Lucy” gritei, “essa é sua, agarre!”

Ela logo pegou, mas então soltou

Eu sei que o melhor era segurar

Mas comecei a chorar

Snoopy ajudou, mordendo a bola

Num ponto importante prá nós

Lino pegou uma bola do alto

Usando o seu pano veloz

Foi muita sorte, confesso

Não sei explicar

Faltava só um arremesso

Pra gente ganhar

(...)

Não há time como o nosso

Em coragem e ação

Mostraremos que unidos

Nosso time vai ser campeão

Em um tempo imbatível

Levaremos o troféu

Só temos que vencer mais esse jogo, sim

E ao pódio subir enfim

Enfim, enfim...

Mais uma vez

Eu era o último a rebater

(Bater, bater)

Quase morri

Aquela ruivinha foi lá pra ver

Ela virou minha inspiração

Eu ergui o meu taco e bati

Amigo, eu sei que você mora longe daqui

Por favor mande um mapa

Que eu quero chegar logo aí

Seu amigo,

Charlie Brown

NOVAS LIÇÕES

Veja isso aqui

É a peludeira

Nos dá uma pele, com pêlos pra vestir

E mais, no inverno nos dá lã para o cobertor

E essa roseira

É bem pequena

Mas no futuro, será muito maior, um ipê

E velho vai ficar todo roxo

E lá no céu, as fofas nuvens brancas

Sopram ar e fazem vento

E lá no chão insetos bem pretinhos

Mexem bem e fazem grama

E isso aqui

É um hidrante

Ele aparece e não se sabe bem dizer

De onde que ele tira tanta água

Tá vendo ali?

Se chama águia

Mas se é pequena, a gente chama assim

Pardal

Que a gente vai comer no natal

E lá no céu estrelas e planetas

Vão chover suas cachoeiras

E quando é frio e o inverno vem chegando

A neve cresce como as flores

(...)

Nuvens fazem vento

Grilos fazem grama

Eu te ensinei

São as novas lições que eu...

Te dei!

HORA DO JANTAR

Comer o nosso pão de cada dia

Agradecer em sinfonia

Içar uma bandeira e saudar

Começa enfim o meu jantar

(...)

Eu vou jantar

Yeah, eu vou jantar

Oh é hora, hora do jantar

Não existe hora igual

Eu vou jantar

Yeah, vou jantar

Quando o meu jantar vem

Eu volto a ser irracional

Tragam-me a sopa, traga o couvert

O caviar e o que mais vier

Porque é hora! Hora, hora do jantar

Vou jantar

Traga o biscoito

Cookie ou pavê

Traga um ossinho

E eu vou morrer!

Porque é hora! Hora, hora, hora!

Hora! Vê se não demora!

Hora! Super hora do jantar!

Hora do café e eu já estou de pé

Hora do xixi, eu vou por aí

Tanta hora tão banal

Mas não tem nenhuma hora igual

Ao meu jantar!

Tragam as fritas, eu peço bis

O papai aqui só quer ser feliz

Porque é hora! hora, hora, hora!

Hora! Vê se não demora!

Hora! Super hora do jantar!

Vai jantar

(Come on)

Vai jantar

(Vem jantar)

Vai jantar

(Vai jantar)

Vai jantar

(Eu quero jantar)

Vai jantar

(Me traga batata)

Vai jantar

(Me traga lasanha)

Vai jantar

(Eu quero um bife)

Vai jantar

(Pode ser com glúten)

Vai jantar

(Pode ser sem glúten)

Vai jantar

(Eu quero jantar)

Vai jantar

(Eu quero jantar)

Vai jantar

Me traga lasanha

Me traga um bife

Pode ser com glúten

Pode ser sem glúten

Me traga, traga guaraná

Suco de caju

Goiabada para sobremesa

(...)

Hora! Super hora do jantar!

SER FELIZ


Ser feliz é achar um lápis

Comer salsicha

Ir viajar

Ser feliz é ser afinado

Saber calçar o sapato

E amarrar

Ser feliz é tocar na banda

E ficar de bem

Felicidade é dar a mão a alguém

Ser feliz é tomar sorvete

Contar segredo

Assobiar

Ser feliz é ganhar caderno

Tocar piano

Ao acordar

Ser feliz é ficar sozinho

E não chorar

Felicidade é ter de quem cuidar

Ser feliz é manhã e noite

Dormir e acordar

Pois ser feliz é cada um

E tudo que você

Puder amar

Ser feliz é irmã mais velha

Irmão caçula

Que se dão bem

Ser feliz é seguir cantando

(Ser feliz é cantar)

E se emocionar

(Seguir cantando e se emocionar)

E ser feliz é ter com quem cantar

(Ser feliz é ter com quem cantar)

Ser feliz é manhã e noite

Dormir e acordar

Pois ser feliz é cada um

E tudo que você

Puder amar