rock3
Bastidores do musical ‘A Era do Rock’
29 de junho de 2017
med
O Dia dos Musicais – Segunda Edição
12 de julho de 2017

Musical ‘Rio Mais Brasil’ exalta a pluralidade do povo brasileiro

rio4

Abrem-se as cortinas do presente: em cena, o Brasil real, aonde cantam sabiás, uirapurus, mas que é, principalmente, berço de um povo produtor de uma arte plural, que cria música para balançar a tristeza, de uma gente que suja as mãos de barro para trabalhar, mas também para fazer brotar belezas. O país de Villa-Lobos, Ary Barroso, Caetano Veloso, Rita Lee, Almir Sater, Tom Zé. Mas também da mulher que carrega a lata d´água na cabeça, do menino que faz samba ou funk no morro ou no asfalto, do índio que dança em sua aldeia, do sertanejo que produz poesia à espera da chuva, da cabocla de jeito mestiço, do guri tri legal.

Idealizado por Gustavo Nunes, com direção de Ulysses Cruz e autoria de Renata Mizrahi, ‘Rio Mais Brasil, O Nosso Musical’ exalta um país possível e a Cidade Maravilhosa, cheia de encantos e contrastes. O povo brasileiro é o protagonista, com sua pluralidade, sua complexidade, seu sincretismo, livre de estereótipos.

A história se passa nos bastidores da realização de um longa-metragem, livremente inspirado na obra ‘O Povo Brasileiro’, de Darcy Ribeiro. O produtor Martin (Claudio Lins) recebe uma verba para criar uma superprodução, mostrando um Brasil jamais visto antes no cinema usando a obra de Darcy como referência. Após muito procurar, ele vê suas ideias traduzidas pela cineasta Cris (Cris Vianna), que propõe mostrar a essência do povo brasileiro. E a escolha do elenco deve refletir essa proposta, com pessoas de todo o país, que mostrarão um pouco de suas vivências, ajudando a entender o Brasil através da sua gente. À medida que as filmagens avançam, os valores vão sendo reduzidos, até que o investimento na produção é completamente cancelado. Como seguir adiante? O que pode ser feito? Um novo fato reacende as esperanças e possibilita a continuação das filmagens.

Assim como no filme retratado no espetáculo, a escolha do elenco traduz a diversidade brasileira: foram mais de 500 candidatos de todo o país e a lista inclui nomes do Amazonas, Mato Grosso, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro; Além de Claudio Lins e Cris Vianna estão Anna Bello, André Muato, Bárbara Sut, Camila Matoso, Clayson Charles, Danilo de Moura, Danilo Mesquita, Edmundo Vitor, Janaína Moreno, Kesia Estácio, Leandro Melo, Luciana Balby, Nando Motta, Marcel Octavio, Paulo Ney, Priscilla Azevedo, Teka Balluthy e Fernando Thomaz.

O repertório reúne canções inéditas, além de composições de Milton Nascimento, Chico Buarque, Caetano Veloso, Luiz Gonzaga, Rita Lee, Almir Sater, Gilberto Gil, Ary Barroso, Cazuza, Tom Zé, Aldir Blanc, Arlindo Cruz, Waldemar Henrique, Kleiton e Kledir, Dani Black, entre outros, que ressurgem em arranjos originais de Carlos Bauzys e Daniel Rocha.

‘Rio Mais Brasil, O Nosso Musical’ estreia no Rio de Janeiro dia 20 de Julho, permanecendo em cartaz no Teatro Oi Casa Grande até o dia 10 de Setembro. O espetáculo terá um ensaio aberto gratuito no dia 14 de Julho, às 21h, com senhas entregues a partir das 19h na bilheteria do teatro. As pré-estreias acontecem nos dias 15 e 16, com preços promocionais. Os ingressos estão a venda através do site www.tudus.com.br