2014-se-eu-fosse-voce-sp-44
Coletiva do musical ‘Se Eu Fosse Você’
14 de agosto de 2014
Foto: Caio Gallucci
Vem aí ‘As Damas de Paus’
25 de agosto de 2014

Saiba tudo sobre ‘O Homem De La Mancha’

mancha

O Teatro do SESI-SP apresenta, a partir de 13 de setembro, o musical O Homem De La Mancha, com versão e direção de Miguel Falabella, produção do Atelier de Cultura, texto original de Dale Wasserman, músicas de Mitch Leigh e letras de Joe Darion.

Na sequência de ‘A Madrinha Embriagada’ (Melhor Musical – Prêmio Aplauso Brasil 2013 e dez indicações ao Prêmio Bibi Ferreira 2014), espetáculo assistido por mais de 150 mil pessoas em temporada de 11 meses, Miguel Falabella oferece uma encenação original e surpreendente, 42 anos após a primeira temporada brasileira de ‘O Homem de La Mancha’, dirigida por Flávio Rangel, em 1972.

Um manicômio brasileiro no final dos anos 30. Um paciente é anunciado para internação. Apresenta-se como Miguel de Cervantes, poeta, ator de teatro e coletor de impostos. Chega na companhia de seu criado, Sancho. Ele é abordado pelo Governador, louco que comanda os internos do hospital. O grupo ataca seus pertences e lhe subtraem suas poucas posses. Cervantes se preocupa apenas com um manuscrito, que é arremessado entre eles. Para dar a Cervantes a oportunidade de reaver seu manuscrito, o Governador instala um julgamento.

O Duque faz a acusação. Cervantes organiza sua defesa convidando os loucos a encenarem com ele uma peça de teatro. É a história de D. Alonso Quijana, um velho fazendeiro aposentado, ávido leitor, desgostoso com os maus-tratos dos homens para com seus semelhantes. Melancólico com as injustiças do mundo e tomado pela loucura, imagina ser D. Quixote Senhor de La Mancha, um Cavaleiro Errante, atrás de aventuras que lhe permitam combater o mal, assistir os indefesos e praticar o bem.

O diretor cênico associado é Floriano Nogueira (associado em ‘A Madrinha Embriagada’; diretor residente em ‘Cats’, ‘Mamma Mia!’ e ‘HAIR’) e integrante na implementação do Projeto Educacional em Teatro Musical Sesi-SP.

O diretor musical é o maestro Carlos Bauzys (indicado ao Prêmio Bibi Ferreira 2014 por ‘A Madrinha Embriagada’; assinando a direção musical em espetáculos como ‘Alô Dolly’, ‘Grey Gardens’, ‘Xanadu’ e ‘A Gaiola das Loucas’; regente também em ‘Hairspray’ e ‘Sweet Charity’; compositor de obras como ‘Alladdim’ e ‘O Pífaro’) que encantou-se com a música do compositor de Man Of La Mancha: “A música de Mitch Leigh é extraordinária. Ele soube inserir com maestria a música flamenca dentro de uma estética para teatro musical. A mim, coube apenas buscar a sua execução da maneira mais fiel e apaixonada possível, acrescentando contudo, alguns arranjos extras que me pareceram pertinentes dentro da concepção, igualmente brilhante, do Miguel Falabella.”

A coreógrafa Kátia Barros (indicada ao Prêmio Bibi Ferreira 2014 por ‘A Madrinha Embriagada’; coreógrafa de ‘Vingança’, ‘O Menino Maluquinho’, ‘Jekyll and Hyde’, ‘Baby’ e ‘Zorro’) inspirou a coreografia de ‘O Homem de La Mancha’ baseada em Laban, no movimento expressionista e usando principalmente a respiração como fio condutor de sua obra.

Como cenógrafos, o Atelier de Cultura trouxe Matt Kinley (‘Les Misérables’, Broadway, 2013; ‘Miss Saigon’, West End, Tóquio e Sydney, 2014; ‘Marry Poppins’, Viena, 2014) e seu associado David Harris, ambos radicados em Londres.

Para completar a equipe criativa, Miguel Falabella convidou Cláudio Tovar (integrante do grupo original dos Dzi Croquetes, teve premiados figurinos nos espetáculos ‘As Mil Encarnações de Pompeu Loureiro’, ‘Elas por Ela’, ‘O Fantópera da Asma’, ‘Somos Irmãs’, ‘South American Way’ e ‘Um Dia de Sol em Shangri-la’) para desenhar os figurinos desta produção; Drika Matheus (desenho de luz de ‘A Madrinha Embriagada’ e integrante da equipe de iluminação de espetáculos como ‘O Rei Leão’, ‘A Família Addams’, ‘Cats’ e ‘Mamma Mia!’) para o projeto de iluminação; Gabriel D’Angelo (indicado ao Prêmio Bibi Ferreira 2014 por ‘A Madrinha Embriagada’; ‘Alô Dolly’, ‘As Mulheres de Grey Gardens’, ‘Xanadú’, ‘A Gaiola das Loucas’, ‘Hairspray’ e ‘Swet Charity’) para o desenho de som; e o visagista Dicko Lorenzo (‘Crazy For You’, ‘In The Heights’, ‘O Menino Maluquinho’, ‘La Mamma’ e integrante das equipes de ‘Hairspray’ e ‘Cabaret’)

A orquestra é composta por 16 músicos, sendo três multi-instrumentistas, sob a batuta do também preparador vocal, Maestro Ronnie Knewblewski. Composta por muitos metais, percussões e sopros, é uma das poucas orquestras de teatro musical que não possui piano/teclado.

O elenco é formado por 35 atores entre grandes nomes do Teatro Musical:

Cleto Baccic – D. Quixote/Cervantes
Sara Sarres – Aldonza
Jorge Maia – Sancho
Guilherme Sant’Anna- Governador
Carlos Capeletti – Duque
Fred Silveira – Cover Quixote/Ensemble
Kiara Sasso – Antônia
Ivan Parente – Padre
Ivanna Domenyco – Criada
Frederico Reuter – Dr. Sansão Carrasco
Edgar Bustamante – Hospedeiro
Arízio Magalhães – Barbeiro
Fabi Bang – Cigana
Luciana Milano – Maria
Carol Isolani – Ensemble
Clarty Galvão – Ensemble
Ingrid Gaigher – Ensemble
Jana Amorim – Ensemble
Mariana Saraiva – Ensemble
Naomy Scholling – Ensemble
Ditto Leite – Ensemble
Elton Towerser – Ensemble
Felipe Guadanucci – Ensemble
Jessé Scarpellini – Ensemble
Johnny Camolese – Ensemble
Julio Mancini – Ensemble
Lázaro Menezes – Ensemble
Marcelo Góes – Ensemble
Pedro Arrais – Ensemble
Philipe Azevedo – Ensemble
Tiago Kaltenbacher – Ensemble
Tony Germano – Ensemble
Vandson Paiva – Ensemble
Ygor Zago – Ensemble
Anelita Gallo – Dance Capitain

‘O Homem de La Mancha’ estreia 13 de Setembro, no Teatro do SESI-SP.